terça-feira, 23, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

‘Mano Kaio’ do CV, foragido há 6 anos do AM, é caçado em operação no RJ

Caio Cardoso dos Santos, conhecido como “Mano Kaio”, é um dos principais alvos da 2ª fase da Operação Rota do Rio, que combate o tráfico de drogas e a lavagem de dinheiro feita pela facção Comando Vermelho (CV). Segundo as investigações, “Mano Kaio” está escondido no Complexo da Maré.

Ao todo são 26 mandados de prisão para cumprir no Rio de Janeiro, Amazonas, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

De acordo com a Delegacia de Combate às Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD), os alvos são pessoas jurídicas e físicas responsáveis pela lavagem de dinheiro das facções Comando Vermelho e Família do Norte, que atuam no Amazonas. O esquema movimentou R$ 126 milhões em 2 anos.

Segundo informações da polícia, foram 7 presos no Amazonas, entre eles estão, André Luiz Perez Araújo, André Luiz Lessa Maia e Raimundo Lima da Silva, incluindo Raimundo Pinheiro da Silva, ex-prefeito de Anamã. As investigações mostraram que ele usava um frigorífico para a lavagem de dinheiro. Os nomes dos outros 3 presos não foram divulgados.

Outros dois foram presos em Boiutva em São Paulo, um deles foi identificado como Alcides Benedito de Andrade, o nome do outro preso não foi divulgado. Um outro foi preso no Rio de Janeiro.

Além dessas prisões ainda faltam 15 mandados a serem cumpridos no Amazonas, 3 no Paraná, 5 no Rio de Janeiro e 3 em São Paulo.

Quem é ‘Mano Kaio’

Um dos líderes do Comando Vermelho (CV), ‘Mano Kaio’ é suspeito de estar por trás de uma onda de ataques violentos que ocorreu em Manaus, em junho de 2021.

Durante a ação, veículos foram incendiados, prédios públicos depredados, atentados com explosivos e toque de recolher imposto por criminosos. Também houve ataques em pelo menos nove cidades no interior do Amazonas.

Além desse caso, o líder da facção criminosa também está envolvido com outros ataques de violência no Amazonas.

Mas não é de hoje que ‘Mano Kaio’ é procurado pela polícia, de acordo com os registros da polícia, desde 2010 ele é membro de quadrilhas criminosas e já foi preso diversas vezes,

A primeira prisão de Kaio ocorreu em 2011, por roubo de veículo. Ao deixar o presídio, um ano depois, passou a se envolver com o tráfico de drogas.

Operação Rota do Rio 2

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) informou que a Operação Rota do Rio 2 foi deflagrada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ), nesta terça-feira (9), para desarticular um grupo responsável por lavagem de dinheiro de uma organização criminosa. Na ação, a PC-AM atuou prestando apoio operacional por meio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

No Amazonas, nove indivíduos foram presos preventivamente; dois em São Paulo e um no Rio de Janeiro. Além das prisões, foram apreendidos dois veículos de luxo registrados em nome dos alvos, uma arma de fogo e munições.

As investigações sobre a movimentação financeira, conduzidas pela Delegacia de Combate às Organizações Criminosas e à Lavagem de Dinheiro do RJ, incluíram a extração de dados de telefones celulares, quebras de sigilo bancário e fiscal. Foram expedidos 26 mandados de prisão preventiva, além do sequestro de bens e valores, e da indisponibilidade das cotas e afastamento dos sócios das empresas envolvidas.