terça-feira, 23, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Ex-comandante do Corpo de Bombeiros desacata policial e é preso na AM-010

O ex-comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Franz Marinho de Alcântara, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e desacato no quilômetro 30 da AM-010, durante a segunda-feira (8).

Segundo a polícia, o ex-comandante não obedeceu à solicitação de parada na barreira de Manaus, e nesse momento ele passou a ser acompanhado por um cabo do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). Assim que parou em um posto de combustível, Franz foi abordado pelo policial que solicitou o documento do veículo que dirigia, e perguntou sobre a placa do guincho que estava consigo.

O ex-comandante informou que a documentação estava com Diretor do Detran, e que estaria tudo em ordem. Como não apresentou o que foi solicitado, o policial afirmou que o veículo seria apreendido e levado ao parqueamento do Detran.

Em depoimento, o policial declarou que foi neste momento que foi desacatado pelo ex-funcionário do Corpo de Bombeiros. “Cabo, o senhor não vai prender o meu veículo. Vocês são acostumados a pegar propina que eu sei”, disse Franz.

Ao receber voz de prisão, o acusado resistiu e afirmou que tanto o cabo quanto o segundo policial do BPTran, que ajudou na imobilização, iriam se arrepender. “Vocês acabaram com a carreira de vocês”, disse Franz.

Os policiais e uma testemunha, além do acusado, foram levados para a sede do Corpo de Bombeiros, onde foi efetivada a prisão em flagrante.

Em nota, a corporação afirmou que o envolvido no caso não faz parte do quadro de servidores ativos da corporação, pois já está na reserva há alguns anos.