terça-feira, 25, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Procuradora do MPT e marido são acusados de envolvimento em acidente envolvendo lancha e jetskis que quase terminou em morte em Manaus

Circula nas redes sociais um vídeo impactante que mostra um homem revoltado acusando a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho no Amazonas e Roraima (MPT AM/RR), Alzira Melo Costa, e seu marido, o médico Josué Albuquerque Rodrigues, de envolvimento em um acidente náutico que quase resultou na morte de seu pai, um empresário de 65 anos. O incidente ocorreu nesse sábado (8) nas proximidades da Marina Rio Bello, na Zona Oeste de Manaus, e tem gerado grande repercussão e indignação nas redes sociais.Alzira Melo Costa, e o médico Josué Albuquerque Rodrigues. Foto: Reprodução

O caso, que se desenrolou tragicamente, envolveu uma lancha potente e veloz, de 44 pés, que, segundo testemunhas, passou a poucos metros dos flutuantes repletos de pessoas. O impacto das ondas geradas pela lancha foi tão forte que vários jetskis foram derrubados, colidindo violentamente com os flutuantes. Em meio ao caos, o idoso de 65 anos foi arremessado do seu jetski e caiu de cabeça na água, uma situação que por pouco não terminou em morte.

O filho do empresário, indignado com o ocorrido, uniu-se a outros pilotos de jetski e começou a perseguir a lancha onde estavam a procuradora Alzira Melo Costa e seu marido, o médico Josué Albuquerque Rodrigues. No vídeo compartilhado nas redes sociais, o filho da vítima confronta diretamente Alzira e o condutor da lancha, iniciando uma acalorada discussão que foi gravada por ambos os lados.

Acessar o link pra ver o vídeo;

https://www.instagram.com/p/C7_wU-Mgs9S/?igsh=MWpyNjh1MTJ2NDRhMA==

“Sabe por que eu estou de colete aqui? Porque você machucou meu pai e está todo mundo de prova. Pode filmar, machucou meu pai e está todo mundo de prova. Você está errada. E se meu pai morre? Olha o tamanho da lancha, 44 pés. Eu não quero discutir com a senhora, quero falar com o rapaz que está dirigindo. Você quase matou o meu pai”, disse o homem visivelmente abalado.

“O que que o senhor acha sobre isso? Ai fod*-se né? A tua mulher tá certa. Meu pai caiu de cabeça, porr*!”, questionou homem ao médico. “Se fosse o seu pai você estaria tranquila ai assim? Meu pai não sabe nem nadar. Seu papel é de pedir desculpa, é o mínimo”, continuou.

A situação escalou a um ponto tal que a Marinha do Brasil foi acionada e conseguiu fazer com que a lancha parasse para averiguações.

A reportagem não conseguiu contato com a procuradora até o fechamento desta matéria. Segue aberto espaço para manifestação.

Acompanhar as notícias de Manaus é essencial para quem deseja estar por dentro do que está acontecendo na cidade. Manaus é repleta de história e cultura. Nossa equipe está sempre nas ruas, trazendo as notícias de Manaus com a urgência e a precisão que os eventos da capital amazonense demandam.

Fonte:Ampost