terça-feira, 25, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Wilson Lima inicia Operação Aceiro 2024 com envio de militares ao sul do estado e Região Metropolitana de Manaus

O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou nesta segunda-feira (03/06) a Operação Aceiro 2024, focada no combate a incêndios florestais. A operação deste ano contará com o envio de 60 militares do Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), equipamentos de proteção individual e 14 veículos, incluindo quatro novos, para 12 municípios do sul do estado e Região Metropolitana de Manaus (RMM). Um novo aplicativo também será utilizado para reforçar o monitoramento das áreas.

Wilson Lima destacou que a operação foi lançada antecipadamente como parte das ações preventivas do governo para minimizar o impacto da estiagem prevista para este ano. “Nós já estamos preparando nossa tropa. Iremos enviar ainda este mês 60 homens para a região sul do Amazonas, onde há uma pressão maior pela abertura de novas áreas, da mesma forma que o Governo Federal, através da Senasp, está encaminhando 60 homens para o estado, que também atuarão nessa região”, afirmou o governador.

O comandante-geral do CBMAM, coronel Alexandre Freitas, explicou que a Operação Aceiro é uma ramificação da Operação Tamoiotatá, a maior força-tarefa integrada já realizada pelo governo estadual para reprimir crimes ambientais, reunindo órgãos de segurança, salvamento e meio ambiente.

“A tropa está sendo capacitada em uma instrução de nivelamento para que todos estejam atualizados em relação às técnicas de combate a incêndio florestal e aos materiais e equipamentos, preparando-se para atuar no sul do Amazonas, no arco do fogo, e na região metropolitana”, explicou o comandante.

A Operação Aceiro é composta por seis fases que serão executadas durante todo o período do verão amazônico. Na primeira fase, os municípios envolvidos são Humaitá, Apuí, Lábrea, Boca do Acre, Manicoré, Novo Aripuanã, Maués, Canutama, Tapauá, Careiro, Manaquiri e Autazes.

Durante a solenidade de lançamento, o governador entregou quatro novas viaturas do tipo Auto Bombas Tanques ao Corpo de Bombeiros, com um investimento de R$ 5,3 milhões do Governo Federal ao Fundo Estadual de Segurança Pública (FESP), gerido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). Essas viaturas apoiarão diretamente o combate aos incêndios.

Além disso, Wilson Lima lançou o aplicativo Infire, desenvolvido para uso exclusivo da corporação, que ampliará o monitoramento estratégico de incêndios. O aplicativo permite consultar áreas com maiores focos de incêndio, registrar ocorrências em tempo real, e localizar bases operacionais da corporação.

Os militares passarão por formação nos próximos dias, com 40 bombeiros sendo qualificados através da Instrução de Nivelamento de Curso (INC) coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) em parceria com o CBMAM. Após a capacitação, prevista para ocorrer entre 3 e 8 de junho, eles serão enviados ao sul do Amazonas para uma operação de 53 dias.

Para intensificar a força de combate, o Corpo de Bombeiros iniciou a capacitação de 153 brigadistas, que atuarão nos municípios participantes da operação. O curso de brigada será ministrado por bombeiros militares com apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Em 2023, a Operação Aceiro foi lançada em julho e se estendeu até o início de dezembro, combatendo aproximadamente 2,1 mil incêndios ao longo de cinco fases. No total, a missão alcançou 25 municípios do interior com os maiores índices de focos de incêndio.