terça-feira, 25, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Idosos do CECF 31 de Março participam de passeio imersivo ao Museu da Amazônia

O grupo de Convivência ‘Vida e Saúde’ e a turma de pilates do Centro Estadual de Convivência da Família 31 de Março, que funcionam no Japiim, participaram, na manhã desta segunda-feira (27/05), de um passeio ao Museu da Amazônia (Musa), considerado o maior fragmento de floresta em área urbana, em meio a seres vivos e experiências sensoriais, instalado na Reserva Florestal Adolpho Ducke, na zona norte, zona norte de Manaus.

Acompanhado da direção do centro e técnicos multidisciplinar, o grupo pode apreciar os atrativos que o lugar oferece, como viveiros de orquídeas e bromélias, aráceas, palmeiras, samambaias, serpentes, aranhas e escorpiões, borboletas, cigarras, cogumelos e fungos, além de jardim sensorial, lago das vitórias régias amazônicas, aquários, e a conhecida torre de observação, com 42 metros de altura e 230 degraus.

O Musa possui trilhas e passarelas num espaço de 100 hectares. O local conta com tendas e casas de observação e exposições onde são exibidas aranhas, borboletas, cobras e outras riquezas vivas da fauna e flora amazônica.

O passeio buscou proporcionar aos envelhecentes e idosos do centro o acesso a uma reserva florestal nativa em área urbana, conhecendo mais sobre a política de conservação de um espaço verde público.

Presente de aniversário

O passeio foi um presente para Ligia de Araújo Valente, que neste dia completou 69 anos, acompanhada do esposo Dalcídio Valente e os demais integrantes do grupo. Ambos moram no Japiim, juntos fazem aulas de pilates no centro e hoje participaram de todo o roteiro da visita, inclusive a subida na torre de observação. “Olhando aqui de cima nem parece que estamos em Manaus, quanta beleza natural que ainda podemos contemplar”, disse a aniversariante, ressaltando a importância da fauna e flora amazônica.

Dilce Brício, 66 anos, agradeceu a oportunidade de realizar atividades fora dos portões do CECF 31 de Março, onde participa das turmas de pilates e de ritmo. Moradora do bairro Compensa, a funcionária pública, que atua na área de farmácia, conheceu o Musa pela primeira vez e ficou encantada com a riqueza encontrada na natureza. “Precisamos de momentos como esse para enfrentarmos o estresse da vida e o Centro de Convivência de 31 de Março nos oportuniza essa experiência maravilhosa”, mencionou.

Equipe multidisciplinar

O CECF 31 de Março é uma das sete unidades de assistência social do Governo do Amazonas, administradas pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e parceiros.

A diretora do CECF 31 de Março, Lenne Soares, disse que os trabalhos realizados no centro, com os Grupos de Convivência conta com a ajuda de uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais como assistente social, psicólogo, fisioterapeutas e educadores físicos, para trabalhar em todas as etapas.

“Estamos vivendo um período de muita depressão e ansiedade e o centro possui um índice muito alto de pessoas com esse problema. Por este motivo, temos realizado atividades externas, como passeios em zoológicos, balneários, ao Teatro Amazonas, visando trabalhar a aproximação, a interação, o respeito entre os integrantes dos grupos”, sintetizou a diretora.