quarta-feira, 17, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Governo do Amazonas indeniza últimos imóveis próximo ao Rapidão Rodoanel para andamento da obra

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Estadual de Habitação (Suhab) e da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), nesta terça-feira (26/03), realizou o pagamento de indenização para 54 famílias da comunidade Vila da Realidade, localizada no bairro Distrito Industrial II, próximo ao trecho das obras do Rapidão Rodoanel Metropolitano de Manaus.

De acordo com o diretor-presidente da Suhab, Jivago Castro, a Vila da Realidade é a última comunidade a ser desapropriada para o andamento das obras. “O Governo do Amazonas está retirando essas famílias que vivem próximo aos trechos do Rapidão Rodoanel para o andamento da obra de mobilidade urbana. Com esse recurso, as famílias poderão alugar ou comprar um novo lar com infraestrutura adequada, em um local seguro”, explicou.

O pagamento foi realizado nesta terça-feira (26/03), no Ceti Cinthia Regia Gomes do Livramento, no bairro Distrito Industrial I. Ao todo, foram atendidas 54 famílias da Vila da Realidade. O Governo investiu mais de R$ 2,4 milhões para as indenizações.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Carlos Henrique Lima, as obras do Rapidão Rodoanel seguem avançando.

A desapropriação é para o andamento do Trecho 2 da obra, sendo iniciada na avenida Oitis, no Distrito Industrial II, até a avenida Margarita (onde fica o Museu da Amazônia, Musa). Com previsão de entrega para 2025 e 46% de avanço, o corredor viário terá extensão total de 18,3 quilômetros, contemplando duas pistas com três faixas de 3,60 metros cada e passeios laterais.

Stephane Caroline da Silva é uma das beneficiárias da Comunidade Vila da Realidade e comemora com alegria a desapropriação. “Eu estou muito feliz, assim como os meus vizinhos, porque estamos saindo da comunidade e procurando um conforto melhor, de a gente não estar mais ali, naquela área de risco, na área que não estava asfaltada. E para mim, é um sentimento de gratidão ao governador Wilson Lima, que está realizando esse sonho que estávamos esperando há muito tempo”, disse.

Desde o início das obras, a Suhab realizou a desapropriação de 221 famílias que vivem próximo a área de intervenção da obra, com investimento de R$ 22,7 milhões. Somando com mais esse pagamento, foram atendidas 275 famílias, sendo investidos R$ 25,1 milhões.

Rapidão

O primeiro trecho da construção do Rapidão Rodoanel Metropolitano de Manaus foi entregue pelo Governo do Amazonas em outubro do ano passado. Dividido em três etapas, o projeto totaliza 37,8 quilômetros de vias rápidas e modernas que vai interligar as zonas sul, leste, norte e oeste da cidade.