quarta-feira, 17, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

PF desarticula rede responsável por áudio falso contra David Almeida

 A Polícia Federal (PF) deu início, na sexta-feira (9), à Operação Nirmata, em Manaus. O objetivo da ação é apurar os autores envolvidos na criação de difamação eleitoral contra o prefeito David Almeida com uso de inteligência artificial, onde um áudio com a voz David xingava os professores da rede municipal, chamando-os de “vagabundos” por exigirem o pagamento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O responsável pela operação e titular da Delegacia de Direitos Humanos e Defesa Institucional da Polícia Federal no Amazonas, Rafael Grummt, fez o balanço da primeira fase. Conforme investigação, o áudio foi criado profissionalmente por um designer que atua em três empresas de publicidade. 

As três empresas de publicidade, sócios das empresas e dois compartilhadores da “fake news”, foram alvos de mandados de busca e apreensão. Foram apreendidas mídias computacionais, bem como os suspeitos intimados a depor na Superintendência da Polícia Federal. O material passará por perícia, que deve identificar a ligação do designer com as empresas. 

As investigações apontam que o material pode ter sido encomendado visando prejudicar o prefeito.

“Neste primeiro momento entendemos haver uma profissionalização com o objetivo claro de difamar o prefeito de Manaus”,disse o delegado. 

As investigações continuarão para elucidar os possíveis mandantes do crime. Conforme a PF, a operação trabalha com a hipótese da participação de grupos políticos no crime.  

“Essas empresas têm relações públicas com certos grupos políticos. Nas prestações de contas consta a vinculação com parte eleitoral”, pontuou.

De acordo com o delegado, as investigações continuam na fase inicial. Duas pessoas também estão sendo investigadas por possível ligação com o crime.