terça-feira, 18, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Jornada Pedagógica debate melhorias na aprendizagem de alunos de Manaus

Manaus (AM) – A Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed) realizou na terça-feira (30), a Jornada Pedagógica 2024, no Centro de Artes Aníbal Bessa, São José III. O encontro reuniu 73 gestores de unidades escolares da Zona Leste 1, assessores e representantes comunitários, em uma imersão que aliou as experiências dos pais, gestores, comunitários e servidores das escolas.

Com objetivo de melhorar a qualidade do aprendizado dos alunos, zerar a evasão escolar, tornando o ambiente escolar mais acolhedor, a chefe da divisão Leste 1, Maria das Graças Maciel, descreveu a intenção de unificar e alinhar ações, colhendo experiências em todos os setores para viabilizar uma educação de qualidade pedagógica.

“No ano passado, as escolas situadas na nossa área de abrangência obtiveram 99% de aprovação dos alunos, ficamos em primeiro lugar na Semed. Além disso, o índice de evasão escolar, foi de apenas 0,7%. Acreditamos que podemos avançar. Por isso, estamos unindo esforços para aprimorar nosso desempenho em sala de aula e assim contribuir com o amplo desenvolvimento físico e intelectual dos alunos”,destacou.

Durante a jornada, foram discutidas ações de ensino e gestão para melhorar a aprendizagem dos alunos.

“Nós alinhamos ações planejadas pelos departamentos da Semed para otimizar o desempenho da aprendizagem dos alunos para este ano e aproveitamos toda experiência dos professores, gestores e, principalmente, a participação dos pais que deve ser uma constante ao longo de todo ano”,disse Maria das Graças.

Ações

As ações discutidas pelo grupo de trabalho da Jornada Pedagógica 2024 incluem várias áreas do saber. Na área pedagógica, foi citado o Educa+ que irá trabalhar as sequências didáticas como a preparação prévia para 2025 com as turmas de 4 e 8 anos.

Na educação infantil, programas como o Aprende + terão destaque. “Esse programa visa a potencialização do trabalho pedagógico desenvolvido com crianças de pré-escola, saberes e práticas entre famílias e escolas “, explicou Maria das Graças.

Na área da gerência de educação especial, foi discutida a atuação de mediadores para acompanhar atividades externas, assim como os programas como o PEE (Programa de Estimulação Essencial) e o PEA (Programa de Estimulação da Aprendizagem).

“No fundamental 1 e 2, serão aplicadas as avaliações de desempenho assim como a continuidade do programa Matemática Viva para todas os anos destes ensinos. Na infraestrutura, foi apresentado o cronograma de acompanhamento de manutenção, reparos e limpeza de prédios assim como verificação do tombamento patrimonial”,esclareceu.

*Com informações da assessoria