segunda-feira, 26, fevereiro, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Prefeitura amplia acesso à vacina Pfizer Baby em 126 salas de imunização

Para facilitar o acesso à imunização infantil contra a Covid-19, incorporada ao Calendário Nacional de Vacinação pelo Ministério da Saúde, a Prefeitura de Manaus ampliou a oferta da Pfizer Baby. A vacina, que até então estava disponível em 14 pontos estratégicos, passa a ser ofertada, a partir desta segunda-feira, 15/1, em 126 salas de vacina da rede assistencial da Secretaria Municipal Saúde (Semsa).

O imunizante é indicado para crianças de 6 meses a menores de 5 anos e em três doses, com intervalo de quatro semanas entre a primeira e a segunda dose, e de oito semanas entre a segunda e a terceira dose. De acordo com o calendário básico, a vacina Pfizer Baby (frasco de tampa vinho) deve ser aplicada aos seis meses, aos sete meses e aos nove meses de idade.

Para otimizar o uso e evitar desperdício em razão do prazo de validade após a abertura dos frascos, a vacina será disponibilizada, de segunda a sexta-feira, nas unidades de grande porte e nas unidades de porte 1, somente uma vez por semana. Os endereços e horários de funcionamento das unidades que ofertam a Pfizer Baby podem ser conferidos no site oficial da secretaria (semsa.manaus.am.gov.br) e no instagram @semsamanaus.

O subsecretário de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, acentua que as salas de vacina estão localizadas em todas as zonas geográficas da capital para facilitar a vacinação desse público. Ele enfatiza a importância do compromisso dos pais e responsáveis para garantir a proteção das crianças contra as formas graves da Covid.

“A vacina contra a Covid representa uma conquista para todos e a incorporação dela no calendário básico nacional visa fortalecer a estratégia de proteção das crianças, que representam um dos grupos de maior vulnerabilidade à doença”, acentua Djalma.

Para as crianças de 5 a 11 anos, o esquema vacinal indicado são duas doses com os imunizantes autorizados. Em Manaus, a rede municipal está utilizando a Pfizer pediátrica (frasco de tampa laranja), que prevê o intervalo de oito semanas entre as doses e a dose de reforço quatro meses após a segunda dose.

Para serem vacinadas as crianças devem ser levadas pelos pais ou por um responsável legal que apresente documento de identificação da criança (certidão de nascimento ou documento oficial com foto), o cartão Nacional de Saúde (cartão SUS) ou o CPF, e a caderneta de vacinação.

O subsecretário orienta que as famílias mantenham atualizada a caderneta de vacinação das crianças e que, em caso de dúvida relacionada à imunização contra a Covid-19, consultem o site Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br/) que exibe as doses aplicadas e as datas de aplicação.