segunda-feira, 26, fevereiro, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Projeto do Botânica Office em Manaus conta com avaliação positiva de arquitetos

 Uma obra futurista, ousada, pensada para promover o encontro com a natureza entre pessoas e com a cidade e redefinir a experiência corporativa. Assim definem arquitetos envolvidos no projeto e construção do Botânica Office, empreendimento da Engeco que está sendo erguido na avenida Darcy Vargas, Zona Centro-Sul de Manaus. 

Planejado para abrigar diferentes negócios com comodidade, inovação e espaços bem projetados, o business center chama a atenção pela originalidade de sua fachada, totalmente inspirada no conceito biofílico e na integração com a realidade regional. 

“O Botânica é mais que um prédio comercial. Ele é a harmonia entre a vida corporativa e a natureza exuberante”,afirma a arquiteta Simone Haddad, reconhecida na cidade pelo seu envolvimento com propostas de vida saudável.

“Ele une inovação e tecnologia à natureza para trazer o bem-estar e qualidade de vida para o ambiente profissional”, destaca.  

Mais que um office tradicional, o Botânica oportuniza encontros: com a natureza, por sua fachada de trepadeiras e o paisagismo interno; com pessoas, pelos espaços internos que convidam a um tête-à-tête fortalecendo vínculos e favorecendo novas parcerias e seus ambiente integrados que fazem com que as pessoas se enxerguem mutuamente; e com a cidade, pois foi planejado para trazê-la para perto, tornando-a uma extensão da edificação e vice e versa. 

“O Botânica Office tem foco na convivência, com varandas em todos os andares que permitem envolvimento entre pessoas de diversas áreas”, pontua a arquiteta Jória Guerreiro. “Quando a gente olha para o Botânica Office é surpreendida pelo futuro”, acrescenta a também arquiteta Milena Bonfim, que atua há mais de 15 anos na área. Ambas também recomendam o projeto.

O Botânica Office faz o encontro entre o knowing-how (saber fazer) com o wellness-working (trabalho com bem-estar), dentro de um conceito inovador de trazer a natureza para perto das pessoas, o que se reflete em uma estrutura de encher os olhos pela beleza e ousadia. 

“É o que existe de mais avançado em arquitetura no mundo”, afirmam os arquitetos responsáveis pelo projeto, Laurent Troost e Vitor Pessoa, que têm se destacado no mercado por propostas integralistas, focadas no diálogo entre arquitetura e natureza. “Com sua fachada de plantas trepadeiras filtrando a luz da tarde, conecta todos os usuários do prédio com a cidade e foi concebido para fomentar encontros sociais e corporativos”, explica Troost. 

Otimização

Jória Guerreiro também destaca a otimização dos espaços dedicados aos negócios, com salas que vão de 32 a 132,98m², especialmente projetadas para abrigar consultórios, escritórios de advocacia, arquitetura, agências de publicidade, entre outros, com espaços para recepção, sala de reunião e o operacional, dentro das especificidades de cada atividade. 

“Como empresária eu busco por ambientes que ofereçam inovação, inspiração e conexão”, conta Simone Haddad. “O empreendimento tem localização privilegiada e salas comerciais versáteis. O Botânica Office veio para redefinir a experiência corporativa”, afirma.  

Outros diferenciais

Além da fachada biofílica, que oferece beleza, conforto térmico e lumínico, do  paisagismo, com várias espécies de plantas únicas e diferenciadas, das varandas públicas em cada pavimento e múltiplas áreas de convivência, o Botânica conta também com uma área comum diferenciada, com lobby com pé direito duplo, circulação e hall de elevadores com janelas para a cidade em todos os pavimentos, térreo com espaço público de integração e recreação e previsão para espaços comerciais, entre outros. 

Sobre a Engeco

A Engeco é uma construtora e incorporadora com 38 anos de atuação no mercado imobiliário. Foi fundada por Maury Guerreiro e Porfírio Saldanha e tem se destacado por oferecer empreendimentos comerciais e residenciais de alto padrão e exclusivos.

Sobre a Troost + Pessoa Architects

É a parceria entre o belga Laurent Troost e o brasileiro Vitor Pessoa, arquitetos que trabalham com o conceito integralista, focado no diálogo entre arquitetura e natureza. Troost é responsável pelo projeto de restauração do Casarão da Inovação Cassina, que recebeu o prêmio Oscar Niemayer de Arquitetura Latino-Americana, entre outros.

*Com informações da assessoria