terça-feira, 18, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Mais de uma tonelada de pescado ilegal é apreendida em território indígena no AM

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagrou, neste mês de dezembro, a Operação Wahanararai, que combate a pesca ilegal na terra indígena (TI) Vale do Javari, no Amazonas. A ação lavrou 22 autos de infração e apreendeu 1.361 kg de pescado nas regiões dos rios Javari, Curuçá, Itacoaí e Quixito.

Na oportunidade, houve também apreensão de redes de emalhar e carnes de caça, como paca, tatu, jacaré e macacos. A operação encerrou com a fiscalização da feira Mercado do Peixe, identificando seis infratores responsáveis por captura ilegal de espécies como pirarucu, tambaqui, pacu, sardinha e mapará. Três deles, reincidentes, foram conduzidos para a delegacia da Polícia Federal (PF). A operação contou ainda com o apoio do 8⁰ Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro.

A operação iniciou em 2022, onde registrou-se 24 auto de infração, que somaram R$ 351.480 em multa, além de nove infratores autuados e conduzidos à delegacia da PF.

Em novembro, em uma operação conjunta do Ibama com a PF combateu o garimpo ilegal no Vale do Javari, nos rios Jandiatuba, Boia, Jutaí, Igarapé Preto e Igarapé do Mutum. Foram destruídas 26 dragas, oito barcos, quatro rebocadores e 42,5 mil litros de diesel. Os fiscais também apreenderam nove antenas Starlink e 3,2 kg de mercúrio.

*Com informações da assessoria