quarta-feira, 21, fevereiro, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Prefeitura de Manaus consolida projetos esportivos e legitima título de “Cidade Sul-Americana do Desporto”

A Fundação Manaus Esporte (FME), da Prefeitura de Manaus, consolidou, em 2023, projetos que possibilitaram resultados positivos como a evolução de atletas de alto rendimento e de iniciação, para as comunidades, para o público da terceira idade, pessoas com deficiência e mais. O destaque desse saldo é o reconhecimento internacional, recebido de forma inédita pela administração municipal. Todo o trabalho realizado pela gestão foi coroado com o título de “Cidade Sul-Americana do Desporto” de 2024.

Com números que comprovam a evolução contínua, o diretor-presidente da FME, Aurilex Moreira, faz uma avaliação do ano. “2023 foi a consolidação dos projetos lançados em 2022. Nós conseguimos implantar, por exemplo, o ‘Manaus Olímpica’ com a distribuição de passagens a atletas de alto rendimento. Tivemos a consagração de campeões nacionais e até internacionais, em função das políticas públicas que foram adotadas na gestão do prefeito David Almeida. Temos metas a buscar em 2024, como o cumprimento do caderno de encargos do dossiê da ‘Cidade Sul-Americana do Desporto’. Nosso planejamento é voltado ao crescimento do esporte manauara”, disse.

“Cidade Sul-Americana do Desporto”

Nomeada pela Aces Europe, Manaus tornou-se a primeira cidade da região Norte do Brasil a receber a premiação em reconhecimento pela excelência no incentivo a práticas esportivas. A nomeação qualifica Manaus como um atrativo para recebimento de investimentos e novas parcerias voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população, por meio do esporte.

Em outubro, os avaliadores do Parlamento Europeu conheceram os projetos voltados ao esporte e visitaram alguns pontos turísticos da cidade. A Prefeitura também realizou a defesa do dossiê de candidatura e ofereceu todas as condições para que os visitantes tivessem uma experiência satisfatória em solo manauara. A impressão foi tão positiva que o comitê de avaliação quebrou o protocolo e, antes mesmo do período previsto, anunciou que Manaus era oficialmente a “Cidade Sul-Americana do Desporto” de 2024.

A comitiva da Prefeitura de Manaus foi até Bruxelas, na Bélgica, para ser laureada, no dia 7 de dezembro.

Manaus Olímpica

Idealizado na gestão como uma das metas para 2023, o programa foi implementado no mês de março e se revelou um grande sucesso. Em apenas nove meses de operação, o “Manaus Olímpica” já beneficiou mais de 250 atletas com passagens aéreas. O apoio da prefeitura passa por viabilizar a participação de talentos manauaras que representem a cidade, e o estado, em competições de alto rendimento.

O programa oportuniza duelos de talentos da terra contra os principais centros do país, em condições de igualdade, em diversas modalidades, como: jiu-jítsu, judô, muay thai, tênis, natação, corrida, futsal, atletismo, vôlei sentado, tae-kwon-do, MMA, ginástica artística, badminton, entre outras.

O resultado, em menos de um ano de operação, é satisfatório e promissor. Conforme dados da FME, mais de 80% dos atletas do programa conquistaram medalhas nas competições que disputaram.

Manaus Esportiva

O projeto macro da FME segue proporcionando aulas gratuitas de várias modalidades esportivas e atividades físicas a crianças, jovens, idosos e pessoas com deficiência, em 18 núcleos espalhados na capital amazonense. A meta da gestão é ampliar esse número para 50 nos próximos meses. Em 2023, o programa atendeu milhares de inscritos nas seguintes modalidades: futsal, futebol, voleibol, basquete, handebol, natação, hidroginástica, ginástica comunitária, caminhada, fisioterapia/hidroterapia, dança, atletismo, ginástica funcional, tênis de mesa, tênis de quadra, badminton, jiu-jítsu, vôlei, gerontovôlei, além de atividades específicas para Pessoas com Deficiências (PcD).

Espalhado em diversos bairros da capital amazonense, o “Manaus Esportiva” colabora com a formação de crianças como atletas e cidadãos, oferecendo também ginástica corporal para jovens e adultos entre 18 e 49 anos, e outras atividades específicas, para pessoas acima de 50 anos.

Esporte na Comunidade

Mais de 22 mil crianças e jovens das comunidades de Manaus foram beneficiadas com kits esportivos da FME. Em ação desde junho de 2022, o “Esporte na Comunidade” ultrapassou a marca de 250 projetos sociais atendidos em 2023. Por meio da iniciativa, crianças e jovens podem usufruir de materiais esportivos novos, como redes, bolas, coletes, cones e outros equipamentos que auxiliam nas práticas desportivas nas áreas periféricas da cidade.

O programa atendeu a projetos sociais de todas as zonas de Manaus, acentuando o investimento e atenção da Prefeitura ao esporte comunitário, além do incentivo à prática de atividades físicas para mais qualidade de vida. Algumas das modalidades são: voleibol, futebol, futsal, jiu-jítsu, entre outras.

Competitividade interna

A estratégia operacional da FME também passa por oferecer competições internas para que os alunos possam colocar em prática aquilo que é ensinado no cotidiano dos projetos. É o que acontece com as crianças e jovens nos Jogos dos Núcleos, e com os idosos, nas Olimpíadas da Terceira Idade, realizados anualmente.

Os Jogos dos Núcleos da FME promovem a integração entre os núcleos esportivos do programa “Manaus Esportiva”. A 23º edição aconteceu em dezembro e reuniu alunos de 14 núcleos. A iniciativa serve também como forma de avaliar o trabalho realizado por professores e coordenadores da FME ao longo do ano.

O público da terceira idade não fica de fora. Na gestão do prefeito David Almeida, os atletas podem realizar atividades físicas gratuitas regularmente, fugir do sedentarismo e ainda competir de forma saudável com um momento recreativo destinado exclusivamente a eles: as Olimpíadas da Terceira Idade. Anualmente, a competição promove uma integração entre os idosos, utilizando o esporte como ferramenta socioeducativa. Mais de 2.500 atletas da terceira idade, divididos em 31 grupos, participaram das atividades em outubro, e foram premiados.

Faixa liberada

Em janeiro, o projeto foi ampliado e chegou à zona Norte, com a abertura de um novo ponto na avenida das Torres, nas noites de segunda-feira. A “Faixa Liberada” já acontece às quartas-feiras e domingos, no complexo turístico Ponta Negra, zona Oeste, e as terças-feiras no conjunto Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, zona Norte, levando diversas atividades físicas à população manauara, como corridas, caminhadas, passeios de bicicleta, skate, patins, entre outras.

Voltada especialmente aos amantes dos esportes radicais, a “Faixa Liberada” radical isola a ladeira do Parque das Laranjeiras para que a população possa praticar patins, skate e longboard. Segundo dados atualizados da FME, as faixas liberadas movimentaram em 2023, em média, mais de 25 mil pessoas em todos os espaços.

Maratona Internacional de Manaus

A 5ª edição da maior corrida de rua do Norte do Brasil teve a participação de cerca de sete mil atletas, de vários lugares do mundo, no dia 17 de dezembro. A prefeitura apoiou, mais uma vez, o evento como estratégia de fomento ao turismo da capital.

A corrida aconteceu com percursos e diferentes desafios de 42, 21, 10 e 5 quilômetros. Os participantes tiveram a oportunidade de passar – e alguns de conhecer – vários cartões-postais de Manaus, como a ponte Jornalista Phelippe Daou, o Teatro Amazonas, a Arena da Amazônia e algumas avenidas.

Viva as diferenças

As Pessoas com Deficiência (PcD) podem praticar esportes e buscar qualidade de vida por meio do projeto “Viva as Diferenças”. As atividades acontecem tradicionalmente nas dependências do Núcleo Eldorado, na zona Centro-Sul de Manaus. Em 2023, a demanda cresceu e a FME se qualificou para atender a todos, alcançando mais de 300 alunos PcDs em modalidades como ginástica, badminton, voleibol sentado, futsal de surdos, atividades motoras, natação e basquetebol.