terça-feira, 18, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Suspeita de participar de morte do ‘Rei do Brega’ em Manaus é presa no Pará

Kelly Terco Barbosa Ferreira, de 37 anos, suspeita de participar do assassinato e esquartejamento de José Carlos Leocádio Gama, de 31 anos, conhecido como “Rei do Brega”, foi presa na terça-feira (28), no estado do Pará. A vítima desapareceu no dia 16 de outubro e foi encontrada uma semana depois, com sinais de espancamento, no bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus.

Conforme a delegada Deborah Barreiros, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a mulher é suspeita de armar uma emboscada para a vítima, quando o levou para um bar, onde quatro indivíduos aguardavam para cometer o crime.

“O corpo da vítima foi desmembrado e queimado, e foi encontrado uma semana depois de ser dado como desaparecido. Os criminosos da região acreditavam que José Carlos estaria denunciando o comércio de drogas, por isso premeditaram a sua morte”,disse.

Na saída, o homem foi abordado e sequestrado por Paulo Urbano Encarnação, o “Barnabé”, Adriano Valente, o “Papaizinho”, Ricardo Junior Guimarães Fonseca, o “Pimpolho”, e Marcelo, mais conhecido como “Neguinho”.

Ainda segundo a delegada adjunta da DEHS, a imagem de Kelly chegou a ser divulgada como procurada pela PC-AM. Ela foi localizada e presa no município de Terra Santa, no Pará, pela Polícia Civil daquele estado.

Adriano Silva Valente, conhecido como “Papaizinho”, e Paulo Urbano da Encarnação, conhecido como “Barnabé”, foram presos por envolvimento no crime. Marcelo, conhecido como “Neguinho”, e Ricardo Junio Guimarães Fonseca, conhecido como “Pimpolho”, seguem sendo procurados.

O grupo torturou e matou o homem a golpes de enxada, em seguida arrancou a cabeça e os braços da vítima e ateou fogo. As partes foram jogadas em dois bairros diferentes da zona leste, no Gilberto Mestrinho e no Grande Viória. A cabeça e os braços só foram encontrados na terça-feira.

Adriano foi preso uma semana após o crime, ‘Barnabé’ foi preso na manhã de terça e Kelly foi localizada no fim da tarde do mesmo dia, mas em outro estado. Ricardo e “Marcelo Neguinho” seguem sendo procurados.

Procurados

A PC-AM solicita a quem tiver informações sobre o paradeiro dos procurados, que entre em contato pelo número (92) 98118-9535, disque-denúncia da DEHS, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). A identidade do informante será mantida em sigilo.

Procedimentos

Kelly Barbosa responderá por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e organização criminosa. Ela está à disposição da Justiça, aguardando recambiamento para o Amazonas.

Fonte: Em Tempo