quarta-feira, 17, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Lula retoma agenda internacional com giro por Oriente Médio e Alemanha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) embarca, na tarde desta segunda-feira (27/11), para a primeira viagem internacional desde que passou por cirurgia no quadril, no fim de setembro. No roteiro, o titular do Planalto fará um giro pelo Oriente Médio e seguirá para Berlim, capital da Alemanha.

Durante a programação, Lula terá encontros bilaterais com chefes de Estado e governo, além de representar o Brasil na Conferência do Clima das Nações Unidas (COP28), principal compromisso na agenda.

Após a conferência, ele fará uma visita de três dias a Berlim, capital da Alemanha. O vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), assumirá o Planalto na ausência do petista.

Veja o roteiro de viagem do chefe do Executivo:

  • Segunda-feira (27/11): embarque para a Arábia Saudita;
  • Terça-feira (28/11): agenda na Arábia Saudita;
  • Quarta-feira (29/11): agenda no Catar;
  • De quinta-feira (30/11) a sábado (2/12): COP28 em Dubai, Emirados Árabes Unidos;
  • De domingo a terça-feira (3 a 5/12): agenda em Berlim, Alemanha;
  • Quarta-feira (6/12): retorno para o Brasil; e
  • Quinta-feira (7/12): reunião da Cúpula do Mercosul no Rio de Janeiro.

Além de Lula, estão na comitiva presidencial rumo à COP28 os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Mauro Vieira (Relações Exteriores), Marina Silva (Meio Ambiente), Rui Costa (Casa Civil), Márcio Macedo (Secretaria-Geral), Carlos Fávaro (Agricultura) e Jader Filho (Cidades).

Os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e outros parlamentares também acompanharão o chefe do Planalto em partes do roteiro, mas nem todos devem embarcar com Lula no primeiro trecho da viagem, que inclui países do Oriente Médio além dos EAU.

Pausa na agenda internacional

Lula passou por cirurgias no quadril e nas pálpebras, em 29 de setembro, em Brasília. Após uma agenda intensa de viagens internacionais nos primeiros meses deste primeiro mandato, o chefe do Executivo federal fez uma pausa nos roteiros para priorizar a recuperação a tempo de participar da Conferência da ONU, em Dubai. Com informações de Metrópoles.