quarta-feira, 17, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Parlamentares comentam emendas liberadas para Prefeitura de Manaus

O município de Manaus passará a receber emendas parlamentares para investimentos estruturantes. O anúncio foi realizado pelo prefeito David Almeida (Avante), após reunião entre senadores e deputados federais do Amazonas, realizada na última terça-feira (21), para debater sobre a destinação das verbas em 2024.

Os recursos serão destinados para áreas estratégicas e contribuirão para a execução de obras que visam a proteção da população durante o período de chuvas. O prefeito afirmou que as obras para conter a erosão do solo serão realizadas, assim como a limpeza e desassoreamento de igarapés.

No encontro, os senadores Omar Aziz (PSD), Plínio Valério (PSDB) e Eduardo Braga (MDB), além de seis dos oito deputados federais indicaram apoio com emendas.

“Minha contribuição será na área da saúde, com uma emenda de vinte milhões. Entendo que é preciso colaborar para que o nosso povo tenha uma assistência e atendimento melhor”,afirmou Plínio Valério.

Além do senador, o deputado federal Plínio Valério declarou que a destinação de suas emendas também terá foco para a saúde, para contribuir estrategicamente com os municípios mais afetados pela falta de estrutura.

Os investimentos visam diversas áreas, para além da área da saúde, como educação e infraestrutura.

“As emendas impositivas, as emendas de bancada e as emendas que nós vamos fazer no orçamento vamos procurar dar muita agilidade para a liberação desses recursos. Ano que vem é um ano atípico e os municípios só podem licitar até junho. Para você regularizar a licitação de uma obra demora um tempo expressivo, muitas vezes mais de um ano. Vamos trabalhar bastante agora com os relatores setoriais, tanto da saúde como da infraestrutura”,explicou senador Omar Aziz (PSD), coordenador da bancada do Amazonas.

De acordo com Omar Aziz, cada parlamentar terá a média de R$ 29 milhões em emendar impositivas para distribuir entre os municípios do estado, totalizados em 62.