sábado, 20, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Empreendedora de Manaus consegue aumentar renda após mentorias do Consulado da Mulher

Elizandra Balbi, 38 anos, deixou o emprego de assistente social na Justiça Federal do Amazonas (TRF1) e a função de professora de culinária numa grande loja de varejo físico na capital, em 2015, para focar em seu sonho: o “Mariah Doçura”, especializado em doces e bolos.

“Comecei, ao lado do meu marido, Joel, a vender brigadeiros para amigos e vizinhos, mas logo decidimos levar os nossos produtos para a frente da escola de nossas filhas”,explica Elizandra, mãe da Mariah Antônia, de 13 anos, e da Ana Juliah, de 8.

“A minha família faz parte desse negócio e, juntos, podemos planejar e realizar metas”, completa. 

O negócio cresceu e expandiu de forma rápida, segundo a empreendedora, e passou a ser a principal renda da família. Mas o conhecimento em gastronomia e em produtos não era somente o que precisavam. Tinham a necessidade de compreender técnicas de gestão de negócios.

“Foi então que o Instituto Consulado da Mulher entrou em nossas vidas, em 2021. Resolvi me inscrever no programa gratuito oferecido pelo Consulado e comecei a aprender a precificar meus produtos corretamente, fazendo um cadastro e fidelizando nossos clientes, movimentando nossas redes sociais etc”,conta.

O Consulado da Mulher é a ação social da Consul, uma das marcas da Whirlpool Corporation, que atua na transformação social e no incentivo ao empreendedorismo feminino há mais de 21 anos. 

Após as mentorias, a empreendedora disse que o crescimento da renda do “Mariah Doçura” foi tão expressivo que, nos primeiros sete meses de assessoria, teve aumento de 98%.

“Sei do valor do meu trabalho e da minha força de vontade, mas o Consulado fez diferença no meu negócio. Por meio das aulas, também recebi o incentivo para me especializar em Gastronomia e, agora em dezembro, vou finalizar o curso. Com isso, pude incorporar a ‘Mariah Doçura’ ao nicho de buffet, finger food e coquetéis corporativos, fechando parcerias com grandes empresas em Manaus”,afirma Elizandra. 

Para Leda Böger, diretora-executiva do Consulado da Mulher, histórias de realização como essa estimulam o Instituto a seguir apoiando as mulheres em todo o País.

“Em mais de duas décadas de atuação, já beneficiamos mais de 38 mil mulheres. A Elizandra é um exemplo e inspiração  para mulheres que desejam realizar seus sonhos e o Consulado da Mulher está aqui para apoiá-las e capacitá-las a serem líderes dos próprios negócios”,destaca.

*Com informações da assessoria