sexta-feira, 01, março, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Funcionário de sucataria denuncia agressão de policiais da Rocam em Manaus

Um funcionário de uma sucataria localizada no bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus, denunciou ao Ministério Público do Amazonas (MPAM) a agressão que sofreu de policiais da Ronda Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na tarde de terça-feira (7).

Segundo o denunciante, os policiais chegaram ao local procurando drogas e armas. O funcionário questionou se os policiais tinham mandado de prisão, e segundo a vítima, um dos agentes não gostou da pergunta e deu um tapa no trabalhador, que foi colocado de joelho e ainda teve o cabelo puxado.

“A Rocam veio aqui no meu negócio, arrombaram aqui, meu funcionário pediu o mandado e disseram que não precisava, deram um tapa na cara do meu funcionário. Ajoelharam ele aqui, deram um tapa nele, ele tava trabalhando”,, contou o proprietário do estabelecimento.

Ainda segundo o dono da sucataria, esta é a terceira vez que os policiais fazem buscas na empresa, e na vez anterior, o homem chegou a ser agredido.

“Vieram atrás de arma e droga, eu não tenho arma e não trabalho com droga. Já é a terceira vez que eles vêm aqui com coisa de arma. Me chamaram de bandido, então prove que sou bandido. Outra vez invadiram aqui, me bateram”, relatou.

Toda a ação foi filmada pela câmera de vigilância da sucataria.

O Ministério Público do Amazonas informou que recebeu uma denuncia envolvendo agressão por parte de policiais da Rocam a um funcionário de uma sucataria no bairro da Redenção, e a denúncia foi devidamente registrada na ouvidoria, sendo encaminhada à Proceap, a Promotoria Especializada no Controle Externo da Atividade Policial, para a devida apuração dos fatos.

A Polícia Militar do Amazonas ainda não se manifestou sobre o caso, mas o espaço está aberto.

Fonte: Em Tempo