segunda-feira, 26, fevereiro, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Prefeito aguarda último laudo técnico para interdição da praia da Ponta Negra para banho

O prefeito David Almeida anunciou, na manhã desta sexta-feira, 29/9, que a interdição da praia do complexo turístico Ponta Negra, na zona Centro-Oeste, irá acontecer até a próxima segunda-feira  (2/10), para a segurança dos banhistas que frequentam o balneário.

“Estamos reunidos com CPRM (Serviço Geológico do Brasil), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil e, provavelmente, este será o último fim de semana com a praia da Ponta Negra aberta ao público para banho. Estamos aguardando somente o último laudo para emitir a informação definitiva à população”, explicou o chefe do Executivo municipal. Nesta sexta-feira, a cota do rio Negro atingiu o nível de 15,88 metros, conforme medição do Porto de Manaus.

A Prefeitura de Manaus tem adotado mecanismos de vistoria, análise e medição da praia com os bombeiros e está solicitando acompanhamento do CPRM sobre as condições de balneabilidade.

Desde o início do mês, com a vazante extrema no rio Negro, o Corpo de Bombeiros, que atua no balneário, faz medições e avalia o relevo que se apresenta no momento para os banhistas, verificando a possibilidade ou se há alguns buracos, tudo para garantir as melhores condições de banho e recomendação para os usuários

Os buracos ou depressões podem surgir do movimento natural de subida e descida das águas do rio. A interdição do uso da praia pode ocorrer sempre que os laudos e/ou relatórios comprovarem que a praia encontra-se imprópria para o uso dos banhistas.

Na última interdição por conta da seca dos rios, ocorrida em 2015, a praia foi interditada por medida de segurança quando o rio Negro ficou abaixo da cota de 16 metros, após análise, laudo e relatórios de órgãos responsáveis comprovando que a mesma não se encontrava própria para banho, naquela época.

Fonte: Em Tempo