terça-feira, 18, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Com Tite no Rio, Flamengo se mexe para acelerar mudança de treinador

Tite não abriu o jogo sobre a aproximação do Flamengo ao desembarcar no Rio de Janeiro no fim da noite desta terça-feira. Tal postura não poderia ser diferente com Jorge Sampaoli ainda oficialmente no cargo de treinador do clube. Mas o dia foi de avanços para o Rubro-Negro em relação à mudança de comando.

O Flamengo segue em conversas para contratar o treinador que dirigiu a seleção brasileira nas últimas duas Copas do Mundo. Salários já são discutidos – superiores aos que Sampaoli e sua comissão ganham – e tempo de contrato também – até o fim de 2024.

Tite está animado com o fato de ser a bola da vez do Flamengo e já admite trabalhar ainda em 2023. No início da temporada, o treinador estava decidido a iniciar ciclos profissionais somente no ano que vem, porém a possibilidade de iniciar o planejamento de 2024 com antecedência faz com que reconsidere seus planos.

O gaúcho de 62 anos virou o nome do momento no Flamengo. Havia resistência à fama de montar equipes com características defensivas por parte do presidente Rodolfo Landim e também do vice-geral Rodrigo Dunshee de Abranches. Landim foi convencido por seus pares de que a competência para montar equipes e gerir grupos fazia de Tite o substituto ideal para Sampaoli. Já Dunshee apagou as críticas que fizera ao treinador no Twitter após a queda da Seleção na última Copa.

Embora o interesse agrade a Tite e os pares que acompanhariam em caso de acerto, o staff utiliza o mesmo tom adotado pelo treinador no desembarque. O respeito por Sampaoli faz com que evitem o assunto a todo instante.

Sampaoli ciente da iminente saída

Se Tite mantém a discrição e a postura ética em relação ao atual treinador do Flamengo, na comissão técnica de Jorge Sampaoli não há dúvidas de que a saída acontecerá nos próximos dias.

Havia dentro da equipe de Sampaoli a convicção de que a demissão aconteceria ainda na terça-feira. O treino da tarde, aliás, foi marcado por poucas palavras mais uma vez.

Se não é adepto de muito diálogo, Sampaoli tem o hábito de gritar constantemente durante as atividades. Nesta terça, porém, trabalhou em silêncio na maior parte do tempo.

A multa de Jorge Sampaoli está avaliada em 1,8 milhão de euros (cerca de R$ 9,5 milhões). Em nota divulgada pelo ge nesta terça, o valor da multa de 1,5 milhão de euros tinha a ver com cálculo aproximado do clube.

A comissão de Sampaoli é formada por seis profissionais. Levou consigo os auxiliares Cristian Arán e Diogo Meschine, o supervisor Gabriel Andreata, o analista Ezequiel Scher e os preparadores Marcos e Pablo Fernández. O último, porém, deixou o clube após dar um soco no rosto de Pedro. Nicolás Maidana o substituiu.

Na segunda-feira, o presidente Rodolfo Landim foi à Gávea acompanhado de Marcos Braz, Bruno Spindel e Diogo Lemos. O quarteto tomou conhecimento dos valores e iniciou a movimentação pela demissão.

Convicto de que seu nome de consenso está no Rio, mas não no Ninho do Urubu, o Flamengo acelera seus passos para trocar Jorge Sampaoli por Tite.

Com informações de: GE