terça-feira, 18, junho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Governo do Amazonas fortalece Operação Estiagem 2023 com interlocução junto à Marinha

Em sintonia com o plano de ação da Operação Estiagem 2023, anunciado nesta semana pelo governador Wilson Lima, o Governo do Amazonas está reforçando a interlocução institucional junto à Marinha do Brasil. A ideia é fortalecer a ação integrada dos órgãos estaduais no atendimento das populações afetadas pela seca dos rios, com ênfase nos municípios do interior do estado.

Nesta quarta-feira (13/09), o vice-governador do estado, Tadeu de Souza, realizou uma visita técnica na Estação Naval do Rio Negro, no bairro Distrito Industrial, zona sul de Manaus. Tadeu de Souza conheceu a infraestrutura e as atividades desenvolvidas pelos órgãos militares que funcionam no local e destacou a importância da troca de experiências entre os entes públicos.

“A determinação do governador Wilson Lima é que toda a estrutura do Estado se mobilize no enfrentamento da seca do rios, que pode ser uma das mais severas da história. Com a Operação Estiagem 2023, estamos agindo de modo preventivo e fazendo interlocução com instituições estratégicas como a Marinha do Brasil, que exerce papel fundamental em momentos como o atual”, disse o vice-governador.

Tadeu de Souza foi conduzido pelo comandante do 9º Distrito Naval, vice-almirante Thadeu Lobo, que apresentou a estrutura do Navio-Patrulha Fluvial Pedro Teixeira, atracado no porto da estação. A embarcação faz operações periódicas nos rios do Amazonas e presta apoio à população ribeirinha, levando assistência médica e ações de cidadania.

No mesmo complexo, o vice-governador esteve no Centro de Hidrografia e Navegação do Noroeste (CHN-9), onde recebeu dados atualizados relativos à segurança da navegação e de cartografia náutica do estado; e no Comando da Flotilha do Amazonas, a unidade da Marinha Brasileira que mais tempo atua nas águas da Amazônia, desde 1868, há mais de 155 anos.

“Em nome do governador Wilson Lima, agradeço ao vice-almirante Thadeu Lobo pela oportunidade de compartilhar todas essas informações e experiências. A Marinha do Brasil está monitorando, diuturnamente, o nível da água em calhas importantes, como a do rio Madeira, e ter acesso a tudo isso ajuda a fortalecer a Operação Estiagem 2023”, apontou Tadeu de Souza.

Sobre a operação

Ao lançar a Operação Estiagem 2023, na terça-feira (12/09), o governador Wilson Lima assinou o decreto de Situação de Emergência Ambiental em municípios das regiões Sul do Amazonas e Metropolitana de Manaus e anunciou investimentos de R$ 100 milhões, com a mobilização de 30 órgãos da administração direta e indireta do Estado.

Entre as medidas anunciadas estão o apoio às famílias afetadas com o envio de ajuda humanitária, distribuição de kits de higiene pessoal, hipoclorito de sódio, além de renegociação de dívidas e fomento aos produtores rurais.

Segundo levantamento da Defesa Civil do Amazonas, quatro municípios já se encontram em situação de emergência, sendo: Benjamin Constant e São Paulo de Olivença, na calha do Alto Solimões, Envira e Itamarati, na calha do Juruá. Outras 15 cidades estão em situação de alerta e 13, em estado de atenção.