quarta-feira, 21, fevereiro, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

Mais de 133 mil alunos da rede pública participam de 3ª Avaliação de Aprendizagem

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar aplicou, nesta terça-feira (12/09), a terceira Avaliação de Verificação de Aprendizagem do Amazonas (Avam) de 2023. Nesta edição, participaram alunos do Ensino Fundamental (2º, 5º e 9º anos) e Ensino Médio (3ª série), bem como da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ao todo, mais de 133 mil estudantes, da capital e do interior, foram avaliados.

A Avam é uma avaliação interna, diagnóstica e formativa, aplicada pela Secretaria de Educação, por meio do Departamento de Políticas Públicas e Programas Educacionais (Deppe) que tem por objetivo principal aferir a aprendizagem dos estudantes da rede estadual de ensino.

De acordo com a gerente de Avaliação da Aprendizagem e Desempenho (Gaade), Nelyzabel Menezes, a ação é importante para que a secretaria acompanhe os avanços e lacunas de aprendizagem dos alunos da rede.

“Hoje tivemos a aplicação da 3ª Avam regular e da 1ª Avam EJA, tanto nas escolas da capital, quanto do interior. Esta é uma preparação para a avaliação externa que está sendo aplicada esse ano”,frisou Nelyzabel.

A prova tem como base as Matrizes de Referência de Língua Portuguesa e Matemática, utilizadas no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021, prova nacional que compõe a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Preparação

A Escola Estadual de Tempo Integral Ribeiro da Cunha, no Centro de Manaus, é uma entre as mais de 600 unidades de ensino da Secretaria de Educação que realizaram a aplicação das provas da Avam, nesta terça-feira. Segundo a professora, Lucimeire Santos, a escola desenvolve uma série de atividades, para preparar os alunos para as avaliações externas.

“Para preparar os meninos para a Avam e Saeb, desde o início do ano, eu faço um diagnóstico e, a partir disso, começo a verificar quais as dificuldades que eles apresentam. Mediante essas dificuldades, trabalho um plano de ação com os descritores ou habilidades que eles mais apresentam dificuldades e vou trabalhando em sala de aula”,explicou.

Saeb

O Saeb permite a avaliação da qualidade de educação oferecida aos estudantes de todo o Brasil. As médias de desempenho dos estudantes apuradas no Saeb compõem o Ideb. Hoje, o Amazonas ocupa a 8ª posição do ranking do Brasil.

A estudante Sofia Silva, de 10 anos, que cursa o 5º ano, realizou a prova e contou que na avaliação constou tudo o que foi trabalhado pela professora na sala de aula.

“A professora, de acordo com as outras provas, pegou as questões que nós erramos e trabalhou em sala de aula. Trabalhou no quadro, nós copiamos e assim não foi algo difícil de aprender, ficou fácil”,contou Sofia.

*Com informações da assessoria