quarta-feira, 17, julho, 2024

adm.portalatualizado@gmail.com
(92)98474-9643

Search
Close this search box.

É grave estado de menina de 3 anos baleada quando carro da família passava pelo Arco Metropolitano

É grave o caso de uma menina de três anos, baleada na noite desta quinta-feira, quando o carro da família passava pelo Arco Metropolitano. A informação é do Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes, de Duque de Caxias, para onde a criança foi encaminhada. O tiro atingiu o crânio. De acordo com a nota, a garota chegou à unidade levada por uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com rebaixamento no nível de consciência e sangrando no couro cabeludo. Ela foi sedada e entubada.

O caso aconteceu na noite desta quinta-feira. A menina estava no carro da família acompanhada dos pais, da tia e de uma irmã, quando disparos foram efetuados contra o veículo. Os parentes dizem que os tiros partiram de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A família que mora em Petrópolis retornava de Itaguaí, na Região Metropolitana, onde foi passar o feriado de Sete de Setembro. Eles passavam pela via expressa, na altura de Seropédica, quando o carro foi alvejado. Em entrevista para o Bom Dia Rio, da TV Globo, William Silva pai da criança contou que a filha Heloísa foi atingida na coluna e na cabeça.

Ele contou também que quando passou pelo posto da PRF não recebeu ordem de parada e não foi abordado em momento algum. Mas, percebeu que a viatura passou a segui-lo e ficou muito próximo de seu carro. A PRF foi procurada, mas ainda não se manifestou sobre o caso.

Confira a nota do hospital:

“A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que H. dos S. S., 3 anos, deu entrada no Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes (HMAPN) na noite da quinta-feira (07/09), vítima de PAF de Crânio (cerebelo), cervical e escápula. Deu entrada na unidade trazida por viatura da PRF. A direção do HMAPN informa que a criança chegou com rebaixamento de nível de consciência, sangramento ativo no couro cabeludo, sendo sedada e entubada. A paciente foi avaliada pela CIPE, neurocirurgia e pediatria, com realização de exames de imagem e laboratório. Foi encaminhada para o centro cirúrgico e solicitado CTI. Seu estado é grave.”

Com informações de: O Globo